banner7
banner3
banner4

Lançamento do livro Cinco gatos e meio em BH

Finalmente chegou o dia do lançamento do livro Cinco gatos e meio em BH!

No dia 08 de novembro, foi o lançamento dos livros da Editora Cora: Cinco gatos e meio (Thaio Conde), Gabriela larga a tela (Marismar Borém) e Fome (Lara Melo Diniz) no Café Spiral no bairro Santa Efigênia. Teve sessão de autógrafos, bate-papo com os autores e oficinas criativas com as crianças.

No dia 09 de novembro, teve um evento de comemoração na Loja Mandaçaia no Mercado Novo com um lanchinho e a presença de amigos e familiares.

Quem ainda não comprou o livro, pode comprar no Mercado Novo: Av. Olegário Maciel, 742 – 2º piso – Loja 2115 – Centro – BH/MG – Horário de funcionamento: Quinta e sexta 15 às 19h, Sábado 15 às 21h, Domingo 9 às 15h

O próximo lançamento será dia 15 de novembro às 15hs no Museu do Brinquedo. Quem quiser acompanhar mais sobre o evento, pode confirmar os locais e datas pelo evento do facebook: https://www.facebook.com/events/428080127711284/

A aposentadoria da lua

Quando a gente gosta de escrever, uma hora ou outra fica uma ideia guardada na gaveta… A APOSENTADORIA DA LUA era uma poesia que escrevi em 98, quando eu tinha 11 anos de idade. Ao encontrá-la depois de anos, resolvi dar uma atualizada na historinha e gravar um vídeo até p’ra treinar contação de histórias.

Era uma lua no meio da madrugada
que cansada do trabalho forte suspirava.
Um dia resolveu: “Vou me aposentar!
Agora outra lua tenho que procurar…”
Ela primeiro encontrou uma bexiga
que com seu sopro virou um balão
mas quando parou de soprar viu que ela estava furada
e pensou: “Manter  cheio vai dar um trabalhão!”
Ela encontrou um queijo
branco redondo e cheio de buracos
pegou uma lâmpada, colocou dentro e disse:
“Pronto! Vai ser uma lua brilhante e sem ratos!”
Mas ao ligar a lua, o queijo virou fondue.
“Isso ficou indecente – ela pensou
eu não devia ter usado uma lâmpada incandescente…”
Então a lua que só queria aposentar
pra fazer um cruzeiro
tentou convencer as estrelas pra ficarem no seu lugar,
mas elas saíram correndo (pro sul).
Disseram para ela comprar um celular
e ela ficou intrigada
“Teria problema uma lua quadrada?”
E então no meio da estrada no escuro da noite
viu se aproximar um possível amigo:
“Sai da frente sua lua louca,
você não percebeu que tá correndo perigo?”
Assustada,
quando vê o motoqueiro numa moto preta de farol redonda
ela pára
“Você está procurando emprego?
Estou oferecendo minha vaga…”
E o motoqueiro satisfeito
com sua moto sobe e vira a lua
( ele no fundo sempre quis ser astronauta)