setembro 2019
S T Q Q S S D
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Conexão Cultural: Brasil criativo apresenta Thaio Conde

Entrevista comigo no site Conexão Cultural:

A ilustradora e designer Thaio Conde tem uma forma delicada de se expressar em suas belas aquarelas, que fazem uma representação do onírico. Thais faz uma viagem rumo à sua percepção da infância unida ao novo apelo estético e a técnica desenvolvida durante o seu amadurecimento como artista e pessoa. Acompanhe abaixo a nossa entrevista com ela!

Quando você começou a atuar? Você faz isso como profissão? Ou em paralelo? T. Na minha família, todos trabalham com arte e artesanato. Cresci desenhando, mas nunca pensei que eu teria algum retorno como profissão. Entrei no curso de Design de Ambientes na UEMG e comecei a ter incentivo por parte dos meus professores e comecei, então, a me especializar aprendendo técnicas de ilustração, concept art e modelagem em cursos oferecidos pela Faculdade de Design. Atualmente estou participando de alguns projetos paralelos e na criação de um livro infantil.

Em quais lugares você já expôs? Qual seria seu lugar “sonho” para expor os seus trabalhos? T. Estou começando a ver frutos do meu trabalho recentemente. Ano passado expus meu trabalho no Espaço Ystilingue no Ed. Malleta em Belo Horizonte, um espaço dedicado a novos artistas. Estive com um trabalho na Exposição Coletiva Crowdart (evento realizado pela Itsnoon e a Urbanarts) e no Atelier Coletivo VISIO (Pátio do ICBA / Goethe-Institut em Salvador) com um auto-retrato. Sonho um dia ter uma exposição individual na Quina Galeria e na Galeria Urbanarts.

Para você como a arte pode mudar a vida das pessoas? T. A arte serve como expressão e assinatura de uma sociedade, representar ideais, valores e documentar uma história. Possui diretamente interferência do ambiente e o modo de vida do indivíduo.

Como você dissemina suas criações? T. Geralmente pela internet, mas há sempre indicações de amigos para contratação de novos trabalhos.

O que falta ou precisa melhorar para conectar mais os brasileiros com a arte? T. Incentivo social, valorização pelo mercado e mais identificação cultural entre a maioria da população e a arte.

Como você conheceu a Itsnoon? T. Conheci a partir do site da Zupi. Achei interessante a idéia e agora sempre participo das chamadas!

Conexão Cultural [http://www.conexaocultural.org/2012/06/brasil-criativo-apresenta-thais-conde/]