julho 2019
S T Q Q S S D
« jun    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Revista Arte Urbana: Expressões gráficas muralismo

Entrevista comigo no livro ARTE URBANA: Expressões gráficas muralismo!

Os detalhes das pétalas de flores, suas cores e formas inspiraram a artista Thais Conde a criar uma obra que representasse o nascimento e a ramificação do amor. A ilustração “Germinação”, exposta na segunda edição do projeto Mural Templuz, começou com uma série de experimentos utilizando reabastecedor de pincel atômico e nanquim onde a artista produzia manchas no papel e criava desenhos a partir da pareidolia, um fenômeno psicológico que envolve um estímulo vago e aleatório, geralmente uma imagem ou som, sendo percebido como algo distinto e com significado.

“Meu processo criativo é um intenso caos e experimentalismo”, ri Thais Conde. “Quando ilustro, a criação do desenho e a pintura acontecem ao mesmo tempo. Expresso na tela o que estou sentindo no momento, sonhos que tenho ou apenas figuras que visualizo na pintura”, relata. Thais cresceu desenhando. Em sua família todos trabalham com arte e artesanato. Ela se formou em Design de Ambientes na Universidade do Estado de Minas Gerais onde começou a se especializar em técnicas de ilustração, concept art e modelagem em cursos oferecidos pela Faculdade de Design. Com pouco conhecimento sobre técnicas de pintura, em 2011 começou a desenvolver sua forma de ilustrar e se expressar com o uso das cores.

Em 2012, participou com trabalhos nas exposições coletivas: CrowdArt de Quem Faz (SP), Visio Auto-retratos (BA), CrowdArt de Quem Faz (RJ) e IV Mostra de Artes Visuais – UEMG (MG), inauguração da loja Urban Arts (BH), em 2013, e na exposição Desenhe Super Heróis (SP), em 2014. A artista acredita que a arte urbana interfere no ambiente do indivíduo que está de passagem, transmitindo beleza, ideais, valores e uma história íntima e única de cada artista plástico. “Poder compartilhar meu trabalho e mostrar minha arte para diversos públicos foi uma realização”, afirma.


Você pode baixar a coletânia no site: [http://www.projetomural.com/]